Home » Especialidades

Especialidades

Catarata

É uma doença causada pela opacificação da lente ocular, cientificamente chamada de cristalino.

Doenças da Retina

A importância de estar atento aos problemas da retina dá-se pelo fato de tratar-se da parte mais importante do olho, que é onde se formam as imagens. As pessoas que têm mais risco de ter doenças na retina são os diabéticos. A retinopatia diabética é a maior causa de cegueira total.

Glaucoma

É uma doença ocular causada principalmente pela elevação da pressão intraocular que provoca lesões no nervo óptico e, como consequência, comprometimento visual. Se não for tratado adequadamente, pode levar à cegueira.

Córnea

A córnea é a parte transparente do olho, que tem o maior poder dióptrico do olho. Permite a entrada da luz entrar e executa dois terços das tarefas de foco, seguida da íris (aquela área colorida do olho) e a pupila.

Estrabismo

É quando há perda do paralelismo entre os olhos. Popularmente as pessoas com estrabismo são chamadas de “vesgas”. Embora a forma mais comum seja o desvio convergente (desvio de um dos olhos para dentro), podem ser divergentes (desvio para fora) ou verticais (um olho fica mais alto ou mais baixo do que o outro).

Ptose Palpebral

É como denominamos a situação de uma pálpebra que está caída, isto é, a pálpebra superior está cobrindo o olho mais do que o normal (habitualmente cobre o terço superior).

Conjuntivite

Conjuntivite é a inflamação da conjuntiva, membrana transparente e fina que reveste a parte da frente do globo ocular (o branco dos olhos) e o interior das pálpebras. Em geral, afeta os dois olhos, pode durar de uma semana a 15 dias e não costuma deixar sequelas.

Miopia

É um dos mais frequentes erros de refração que afeta a visão à distância. Essa patologia ocular ocorre porque a imagem visual não é focada diretamente na retina, mas à frente da mesma.

Astigmatismo

É uma deficiência visual causada pelo formato irregular da córnea ou do cristalino formando uma imagem em vários focos que se encontram em eixos diferentes.

Pterígio

Também conhecido por “carne no olho”, o pterígio é uma alteração na membrana transparente do olho chamada conjuntiva e é decorrente de uma série de fatores incluindo a herança genética e principalmente a exposição à radiação ultravioleta.

Hipermetropia

A hipermetropia é um erro de refração que faz com que a imagem seja focada atrás da retina. Dessa forma, a capacidade refratária é alterada em relação aos olhos com visão normal. A hipermetropia causa dificuldade para enxergar objetos próximos e principalmente para leitura de textos.

Alergia Ocular

Alergia ocular ocorre quando o olho entra em contato com substâncias que lhe causam alergia, chamadas alérgenos, que podem ser ácaros ( animais microscópicos), poeira, pêlos e pólen.
Quando isso ocorre, os olhos podem ficar vermelhos, inchados, sensíveis a luz, com lacrimejamento e apresentar discreta secreção aquosa.
O sintoma mais freqüente e característico da alergia ocular é a coceira.
A alergia ocular ocorre principalmente nas pessoas que sofrem de alergia em outras partes do corpo como asma, rinite e alergia de pele, porém pode ocorrer isoladamente.